quinta-feira, 2 de março de 2017

Atualização Mensal: Fevereiro 2017: R$3.743.852,31

Chegamos ao fim de mais um mês, sendo que não apenas eu novamente não aportei nada como ainda usei os juros do cupom pra repor minha reserva de emergência e realizar novos gastos no apartamento. Ou seja, estou um baita de um gastador, mas mesmo assim meu patrimônio só faz subir graças às seguidas quedas nas taxas do TD. 

Uma novidade é que finalmente dei um "face lift" na minha combalida planilha, que penso eu está menos vergonhosa agora. Os dados são basicamente os mesmos da planilha anterior, retirei umas coisas, coloquei outras e o resultado está aí (cliquem para ampliar!):






Mesmo sacando 100% do cupom (mais de R$50.000,00) o patrimônio total subiu mais de R$120.000,00. Mercado está precificando que a dívida é perfeitamente pagável e que a inflação está domada. Veremos. Graças a mais uma subida vertiginosa do bitcoin meu patrimônio amplo chegou a patricamente R$4.000.000,00, que é uma cifra de respeito. O valor que realmente importa - a renda passiva do portfólio - teve uma leve queda por conta da mesma alta do TD. Não há mágica: Se o yield cai, o patrimônio sobe e a renda passiva cai já que tenho mais de 1 milhão em títulos bem mais curtos.

Vejam que o valor que eu investi em bitcoin praticamente quadruplicou em reais desde que comecei a investir (comprei a R$1.000-R$1.100,00). Um bitcoin a U$10.000 teria efeitos significativos em minha vida e torço pra que ele se torne uma reserva de valor mundial, melhor que o ouro ele certamente é.



Esse mês devo terminar de recompor meu fundo de emergência. Estou extremamente receoso de colocar meu suado dinheiro no exterior a preços bolhudos, mas também não faz sentido nenhum eu continuar investindo no Brasil. Típico problema de 1o mundo, eu sei, mas um problema de todo o jeito.

Até a atualização de março, de preferência já na casa nova!!!  

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Chat com VR amanhã (15/02) às 20h!

Pessoal, confirmado amanhã o chat no discord no seguinte endereço:  https://discord.gg/MVHmcJA. Não é necessário fazer cadastro, não tem limite de usuários,e é gratuito. Qualquer outro blogueiro que tiver vontade de participar fique a vontade! 

O chat passado foi excelente e bem descontraído, espero que o mesmo aconteça amanhã! Até lá!

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

FAQ e Novo Chat com o VR!

Conforme prometido, finalmente o FAQ saiu! Só clicar no link na parte de cima da home page! Quem me perguntar sobre livro agora vai levar voadora! (brincadeira, mas leiam o faq antes de perguntar, please)

Além disso, vamos ter mais um chat do VR! Será na quarta-feira da próxima semana, dia 15/02/17 às 20h, horário de Brasília!

Provavelmente usarei o Discord ao invés daquele outro site, a princípio é mais simples e com usabilidade bem melhor. Não é necessário baixar nenhum aplicativo, abre direto do navegador nem é necessário registrar em nada. Para acessar clique em: https://discord.gg/MVHmcJA. Não, não é vírus nem nada que ganhe um centavo. Se alguns de vocês quiserem entrar hoje (06/02/17) fiquem a vontade, estarei lá (semi afk) para testar a plataforma.

Outro detalhe, a página do "Pergunte ao VR" está com algum problema que não consigo acessar as perguntas, portanto quem quiser me perguntar algo sugiro enviar e-mail diretamente pra aposentado42 arroba gmail ponto com!

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Atualização Mensal: Janeiro 2017: R$3.621.119,56

Esse foi talvez o mês que tive a sensação que passou mais rápido em minha vida. Talvez pela rotina, talvez pelos dias normalmente atribulados, a verdade é que pareceu que comemorei o réveillon ontem e hoje já estou postando a atualização mensal.

Ainda não me mudei, se tudo der certo me mudo agora em fevereiro. Estou dependendo exclusivamente da entrega de material de dois fornecedores, daí já viu, enrolação, falta de responsabilidade e mentiras, comportamentos típicos dos macacos brasileiros.

Falando em enrolação, o FAQ já está pronto e sairá do forno para consumo dia 06/02 então quem perguntar de novo sobre livros pra eu indicar, quanto de % do meu portfólio é de rentabilidade e herança e o que significa cada coisa da minha tabela terá sua resposta de forma detalhada.

Segue a tabela pseudo-complicada abaixo:






Aumento do portfólio de cerca de R$87.000,00, com queda na renda líquida total e sem aportes (mais um mês) significa queda na taxa do TD, que foi em valores líquidos dos 4,5% anuais pra 4,37%. Continuo suspeitando que o mercado está pra lá de otimista frente a trajetória da dívida brasileira, da falência financeira dos estados inclusive com calote na dívida pela capital da macaquice chamada Rio de Janeiro.

Esse mês cai mais um delicioso cupom do TD, serão cerca de R$56.000,00 que entrarão limpos na minha conta. Esse valor provavelmente não será investido. Como vocês devem ter visto, minha reserva foi a R$0,00 com o apartamento e ainda tenho muita coisa para comprar. De imediato devo gastar cerca de R$10.000,00 na compra de móveis da sala e finalização do Home Theater, o restante ficará em um fundo de liquidez diária para emergências imobiliárias rs. Não fico nem um pouco receoso de estar gastando esse dinheiro, chegou a hora de viver também. Logo quando me estabelecer no imóvel novo vou inciar as etapas pra cortar meu saco a.k.a. fazer vasectomia e me ver livre de qualquer possibilidade de ter um filho acidental.

Creio que apenas em março começarei a investir no exterior com os rendimentos do trabalho!

sábado, 7 de janeiro de 2017

Atualização Mensal: Dezembro 2016: R$3.534.451,00

Finalmente o ano de 2016 acabou! Não posso dizer que pessoalmente foi o melhor dos anos pra mim, tive um problema de saúde, por conta disso tive que parar a academia, a reforma do apartamento continua consumindo minha mente e meus recursos (nunca mais) e só devo me mudar pro final de janeiro ou fevereiro. O trabalho foi complicado também, apesar de ter recuperado ao final do ano. Enfim, a moral está baixa.

Por outro lado, financeiramente foi o melhor ano da minha vida. O portfólio cresceu incríveis 29% mesmo investindo exclusivamente em renda fixa, e apesar dos aportes abaixo da média (não aportei nada esse mês) meu portfólio subiu praticamente R$900.000,00, façanha que certamente não será repetida em 2017. Mais importante, minha renda subiu de R$11.800,00 pra aproximadamente R$13.500,00, que pra mim é DINHEIRO PRA CARALHO. Vejam que a renda é o verdadeiro termômetro da capacidade do portfólio de me aposentar.

Segue a última tabela de 2016:




Mais uma vez devo ressaltar o BTC, que praticamente triplicou em reais em minhas mãos. Estou muito muito feliz com meu melhor amigo que investiu, contra a minha vontade, praticamente 70% do portfólio dele em BTC e hoje certamente dá surra de pau mole em termos de rentabilidade em todo mundo.

Não sei se investirei mais nada a longo prazo no Brasil. Só O TD já paga com sobra minhas despesas aqui, então a idéia é reduzir o tal do Tail Risk, por sinal tem um paper bem interessante sobre isso aqui (http://allaboutalpha.com/blog/wp-content/uploads/2010/05/Tail-Risk-Hedging-May2010.pdf) então naturalmente os olhos se voltam ao exterior. Tenho o que estudar, tenho que abrir minha conta na IB, etc. Estamos ventilando um papo entre eu, Soul e o Frugal sobre o tema sob coordenação do Soul, deve ser bem interessante.

Em 2017 pretendo unicamente aproveitar mais a vida e dar um pouco mais de estrutura a ela. Percebi que se eu ficar à deriva é muito comum perder semanas inteiras ocupadas por coisas que servem mais pra passar o tempo do que qualquer outra coisa, e isso irá mudar. Também prevejo escrever mais pro blog esse ano, a interação com vocês é sempre bacana e a trollagem praticamente acabou.

Desejo a todos um excelente 2017 e assim que possível responderei os comentários que estão há uns 15 dias acumulados bem como os e-mails pessoais recebidos!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Atualização Mensal: Novembro 2016: R$3.398.129,52

Mais um mês é vencido e dessa vez finalmente tivemos uma queda no valor do portfólio. Graças a queda em mais de R$100,00 no valor de mercado das NTNBs meu patrimônio total caiu mais de R$60.000,00. Ainda assim, a renda líquida total (que é o que realmente importa) subiu mais de R$300,00 chegando a R$13.600,00 que é uma baita aposentadoria pra um cara com 30 e poucos anos. Aporte foi de R$12.000,00 em NTNBs a aproximadamente R$2.910,00. Agora em dezembro provavelmente não aportarei, o apartamento está sugando tudo. Segue a tabela de sempre:





Sem grandes novidades na vida pessoal. Espero me mudar esse mês! Desculpem a atualização pobre, dessa vez realmente estou "cumprindo tabela" aqui. Nos vemos em janeiro, sempre com disciplina, inteligência e paciência!

domingo, 6 de novembro de 2016

Bate - Papo com o VR: Segunda às 20:00

Copiando descaradamente a ótima idéia do VDC ( viverdeconstrucao.blogspot.com ), montei um chat para que qualquer um possa entrar e conversar não só comigo mas com qualquer um da sala, a idéia é montar um ambiente relaxado pra tirar dúvidas, conversar sobre finanças e ter um contato mais direto e dinâmico. O endereço do chat é http://us19.chatzy.com/83021208085235 , você pode entrar a qualquer momento, lá você colocará seu nick e no password coloque viverderenda. Se tiver qualquer problema é só perguntar aqui, mas o sistema realmente é simples e funcional. Be advised, não existe mensagem privada, tudo é exposto no canal!

Eu estou online agora e ficarei por mais um tempo, mas vamos deixar marcado pra segunda às 20:00 pra quem quiser comparecer e trocar uma idéia comigo.

Abraços e até lá!


Edit: Foi excelente o papo! Cerva de 15-20 pessoas apareceram 20h e umas 40-50 durante o dia, conversa bacana, relaxada e instrutiva! Muito obrigado a todos, principalmente pelos elogios! Vou analisar se existe um site/ferramenta ainda mais fácil de se utilizar! Até o próximo bate-papo!

sábado, 5 de novembro de 2016

Atualização Mensal: Outubro 2016: R$3.460.437,68

Taí um mês que foi totalmente comum financeiramente. Praticamente não olhei o mercado, fiz o aporte (20k) em mais um RDB da Caruana e ao final do mês verifiquei que estava com um patrimônio R$53.000,00 maior que o mês anterior. A rentabilidade foi completamente normal - 0,95% - uma vez que o IPCA veio baixo esse mês (ainda bem!) mas o alto patrimônio faz o portfólio crescer rapidamente.

Acabei não pegando a debênture da TCP, olhei com mais cuidado e vi que a rentabilidade a mais não valia o stress de ficar acompanhando, fora o risco.

Bacana que eu esperava terminar o ano com cerca de R$3.000.000,00 mas devo acabar com R$500.000,00 a mais graças à apreciação dos títulos do tesouro, mas isso importa bem menos que a renda líquida total, essa sim a métrica mais importante do portfólio, que está em mais de R$13.000,00, valor bem maior que meus gastos mensais. 

Segue a tabela de sempre:








Tive gastos elevados com o apartamento esse mês, daí a queda na reserva de emergência. Esses gastos continuarão pelo menos até dezembro, mas não me incomodo, estou construindo minha casa, meu lar do jeito que eu quero, com um home muito bacana, área pra fazer um churrasquinho e beber uma cerveja, banheira com aquecedor (sim, eu vou usar a banheira regularmente). Eu sou um cara muito caseiro então faz todo o sentido pra mim investir naquilo que se utiliza mais. Hoje mesmo passei de manhã lá só pra ver como as coisas estão evoluindo, o que falta fazer, etc. Se tudo der certo ainda me mudo esse ano e entro em uma nova fase em minha vida.

No trabalho o stress diminuiu um pouco felizmente, mas a crise continua se fazendo sentir.

Estou com uns probleminhas de saúde, mas como não dá pra falar nada por questão de privacidade já que é algo meio raro nem adianta comentar muito, mas infelizmente por conta disso tive que mais uma vez parar a academia. O plano de saúde está fazendo valer pois só de despesas médicas cobertas pelo plano esse mês foram mais de R$3.000,00.

Meu carro e celular completaram 3 anos de vida esse mês, espero ficar com o carro por mais uns 10 e o celular por mais 3, ambos me servindo muito bem! Esse fogo no rabo que brasileiro tem de trocar celular a cada 6 meses e carro a cada 2 anos é a maior furada, puro consumismo empobrecedor imbecil, mas cada um sabe de sua vida e segue o jogo.

Quem ainda não possui Bitcoin sugiro dar uma lida com calma a respeito da moeda, apesar de não incluir no meu portfólio foi o ativo que teve maior rentabilidade no período (comprei a R$1.000,00-R$1.100,00 e hoje já vale mais que o dobro disso). É uma ferramenta única para uma verdadeira liberdade e defesa financeira do indivíduo contra qualquer tipo de opressão governamental.

Novembro tem tudo para ser mais um mês bacana pra mim. Veremos!

domingo, 30 de outubro de 2016

Como eu me saí tentando bater o mercado?

Os leitores mais atentos podem perceber que, no meu âmago, eu tenho uma relação dúbia com o investimento realmente passivo: se por um lado toda a literatura aponta por retornos estatisticamente superiores para aqueles que meramente compram o mercado e vão passear na praia, a mesma literatura também indica retornos acima do mercado pelo investimento nos chamados fatores de risco, sejam eles valor, tamanho, momentum, etc.

Os ainda mais atentos sabem que comecei investindo 90-100% do meu patrimônio em ações com foco em valor numa "vibe" meio quantitativa, depois com o aumento do patrimônio parti pro "naive diversification" aplicando em FIIs também com foco em valor, um foco maior em qualidade nas ações e um valor maior em renda fixa para finalmente ano passado aproveitando a alta das taxas do TD colocar o que tinha de renda variável na fixa e "travar" a independência financeira. Mas afinal de contas, como cada classe se comportou? E, mais importante, o trabalho todo valeu a pena? Como foi minha performance comparada aos índices usuais? Aqui estão os resultados, saídos fresquinhos do forno!

Antes de tudo, o gráfico geral, de março de 2011 até setembro de 2016 (67 meses em geral, 55 meses para ações e FIIs):





Vamos aos números acumulados e anualizados:

Rendimentos:

Portfólio: 55,2% - 0,66% a.m.

Ações: -26,8% (até set/2015)

Ibovespa: -13,4% - (-0,21%) a.m.
IBRX-50: 3,2% - 0,05% a.m.
SMLL: -14,1% (-0,23%) a.m.

FIIs: 51,1% (até set/2015)
IFIX: 81,6% - 0,89% a.m.

Renda Fixa: 122,7% - 1,2% a.m.
CDI: 78,1% - 0,87% a.m.

Inflação IPCA: 45,9% - 0,57% a.m.
Inflação IGPM: 43,3% - 0,54% a.m.


Comparando pelo mesmo período todos até set/2015:

Portfólio: 17,3% - 0,29% a.m.

Ações: -26,8% - (-0,57%) a.m.
Ibovespa: -33,1% - (-0,73%) a.m.
IBRX-50: -18,4% - (-0,37%) a.m.
SMLL: -35,1% - (-0,78%) a.m.

FIIs: 51,1% - 0,75% a.m.
IFIX: 40,0% - 0,61% a.m.

Renda Fixa: 66,7% - 0,93% a.m.
CDI: 56,01% - 0,81% a.m.

Inflação IPCA: 34,5% - 0,54% a.m.
Inflação IGPM: 29,5% - 0,47% a.m.


De antemão vemos como foram anos complicados pra quem investiu qualquer coisa em renda variável. O IFIX praticamente rendeu 4% acima da inflação mesmo com alta de 30% esse ano, sendo que se compararmos até o ano passado só teria conseguido cobrir o IPCA, o que mostra como os aluguéis não conseguiram repor a inflação do período. Os 3 índices de ações foram desastrosos, com larga rentabilidade real negativa de cerca de 6-8% a.a. mesmo com a alta atual, números graves o suficiente para comprometer a aposentadoria de alguém que dependa exclusivamente dessa classe de ativo. 

CDI se comportando como CDI, pagando inflação e dando um troco de 3-5% ao investidor. Uma pena eu não ter acesso ao índice IMA-Geral, eu suponho que possui uma rentabilidade bem superior ao CDI analisado.

Analisando os números, vemos que nas ações a depender do índice ou eu ganhei do mercado ou perdi feio, com minha performance anual sendo de 2,5% melhor a 2,5% pior. Se eu tivesse comprado um simples PIBB11 e ido pra praia teria me saído muito melhor que devotado as dezenas a centenas de horas selecionando e acompanhando as ações do meu portfólio.

Tanto nos FIIs como na renda fixa consegui retornos maiores, mas nada absurdo, cerca 1-2% a.a. com exceção da renda fixa 2011-2016 em que tive uma rentabilidade líquida de quase 140% do CDI. 

Todos aqueles com o mínimo de conhecimento de método científico sabem que essa amostragem é completamente insuficiente pra se tirar qualquer conclusão geral. A sensação que tenho, no entanto, é que a tentativa de gerar Alpha em renda variável é uma tarefa extremamente árdua e infrutífera que aparentemente depende muito mais de sorte do que qualquer outra coisa. Na questão dos FIIs, por exemplo, poucos dias após vender MBRF11 a mais de R$1.000,00 ele despencou 20% com anúncio da vacância. Qual foi minha habilidade nisso? Zero. Tinha plena confiança em FIIP11B, sendo que eu estava totalmente enganado e hoje aparenta ser uma mega bomba relógio com aluguéis fora da realidade. Seguirão os FIIs de agências o mesmo caminho?

Por outro lado, vejo empresas como a GOLL4, com patrimônio líquido negativo, margens EBIT negativas há muito tempo, dívida na lua e valendo 40 bilhões de reais, com aumento de 200% só esse ano. Como isso é racional? Qual seria a diferença a longo prazo de comprar GOLL4 e jogar dinheiro no fogo? Qual a racionalidade e eficiência desse preço?

Talvez a verdade é que o mercado seja largamente eficiente, com menor eficiência a medida que a assimetria de informação aumente e a quantidade de players diminui. A impressão que tenho é que minha performance foi muito mais uma questão de sorte do que habilidade. Considero que fui derrotado nas ações e vitorioso nos FIIs, com nada a me orgulhar além da velha humildade socrática do "nada sei", mas cautelosamente confiante que os retornos de 4-6% acima da inflação em instrumentos de renda fixa são um óasis num mundo sedento por yield, e essa rápida análise só reforça essa idéia.

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Atualização Mensal: Setembro 2016: R$3.407.897,43

Se o mês de agosto foi super proveitoso, bacana, "carpe diem vamos curtir a vida uhuu", setembro foi tenebroso. Passei FOME o mês inteiro por conta da dieta, acabei me concedendo involuntariamente 2 "dias do lixo" para ao final de um mês perder suados 2 kg. Claro, estou mais definido e mais forte, mas paguei por cada grama em uma moeda chamada sanidade. Nem posso alegar que minha dieta está rígida demais pois só perdi 2kg, então vou ter que gastar mais um mês de dieta pra alcançar meu objetivo físico.

Um detalhe bem interessante foi notar como lido com o dinheiro completamente diferente de comida. Posso economizar 80% da minha renda se quiser, ficar sem sair meses a fio, ter o plano de celular o mais básico, não comprar nenhum supérfluo, nem roupas nem gadgets nem nada e sigo feliz. Agora quando é pra "economizar" calorias minha dificuldade é enorme, sigo com uma disciplina de ferro mas é um esforço hercúleo e às vezes acabo deslizando, que nem aqueles consumidores compulsivos que ficam o mês todo longe do cartão pra no último dia estourar tudo no shopping. São sem dúvidas facetas diferentes de um mesmo problema. Entendam, eu não estou gordo (IMC de 21,6) nem nunca fui gordo mas ainda assim sinto que tenho uma dificuldade de controlar no médio prazo minha dieta. 

Se não bastasse a dieta, esse mês foi também extremamente estressante no trabalho, tive algumas noites dormindo com a cabeça quente, foi sem dúvida um dos piores meses nesses 8 anos de carreira com a crise chegando de voadora. Não gosto de cuspir no prato que comi pois só de estar trabalhando com a maior taxa de desemprego da história do país já é uma dádiva, mas tá foda.


E aí, como está a crise pra você?


Pra finalizar, a obra também está torrando não só meu dinheiro como também meu juízo. Não recomendo ninguém a fazer obra de nada, é uma fonte inesgotável de problemas e chateações, pois ou na melhor das hipóteses você paga caro e se chateia ou na pior você deixa tudo na mão do engenheiro/arquiteto e aí sim será financeiramente estuprado e sodomizado sem dó. Pra vocês terem idéia só a parte de iluminação peguei um orçamento de R$95.000,00 (é sério),  média dos orçamentos R$10-30.000,00 sendo que comprando tudo eu mesmo, pesquisando preços e barganhando a instalação gastei cerca de R$3-4.000,00. Ainda assim, se tudo der certo em dezembro eu finalmente me mudo.

Felizmente tenho as finanças pra me animar. Caramba imagina como seria minha vida se não tivesse essa grana guardada, ia estar em estado de nervos sabendo que qualquer "bola curva" financeira eu estaria em situação de necessidade ou que precisasse trabalhar até os 60-65 pra poder me aposentar. Realmente não sei como a maior parte dos macacos da banânia consegue viver sem nada de reserva ou endividados. Um salve para todos nós aportadores que temos um futuro de tranquilidade pela frente!

Esse foi mais um mês de otimismo no mercado, que teima a cada atualização a me dizer que minhas preocupações com a dívida brasileira são infundadas, subindo o valor dos títulos e acelerando o crescimento do meu patrimônio. Foram R$80.000,00 a mais esse mês, chegando a impressionantes 3,4 milhões de golpistas. Com o encarecimento dos títulos do tesouro meu limite de gastos (que sempre será o que importa) subiu meros R$80,00. O aporte desse mês foi de R$20.000,00, divididos entre uma debênture da Cemig e um RDB da Caruana (the bomb has been planted?)

Segue a tabelinha de sempre:




Outro detalhe bacana é que cheguei também aos 1 milhão de dólares em patrimônio. Nada mal pra alguém com 30 e poucos.

Esse mês pretendo botar mais alguns golpistas na emissão primária da debênture da TCP, esmiucei o prospecto (chato d+) e parece ser tranquilo. Alguém vota contra?

Estou junto com o Frugal Simple (cara muito bacana, blog ótimo, recomendo!) dando uma pesquisada sobre investimentos internacionais. Provavelmente até ano que vem já coloco alguma grana lá exclusivamente como um "seguro-venezuelização" do Brasil, ou para os mais técnicos o sovereign risk, que parece ser o único tipo de risco capaz de vandalizar meu portfólio. Tenho uns R$170.000,00 de uma LTN vencendo dia 01/01/2017 e a idéia é transformar a maior parte disso em foreign bonds e stocks. Alguém vota contra?

Que outubro seja melhor! Até lá, vamos viver!